Free Theme for Plone
Personal tools
Você está aqui: Página Inicial / Notícias / Ciência da Informação e Belas Artes debatem Exposições de Arte sob Censura

Ciência da Informação e Belas Artes debatem Exposições de Arte sob Censura

 

Aconteceu na manhã de hoje, na Escola de Ciência da Informação, a aula aberta Exposições de Arte sob Censura, motivada pelo encerramento, em resposta a pressões censoras, da exposição de arte intitulada Queermuseu: Cartografias da Diferença na Arte da Brasileira, até então abrigada no Santander Cultural, em Porto Alegre.  A atividade foi proposta pelos professores Luiz Henrique Assis Garcia (ECI/UFMG) e Rita Lages Rodrigues (EBA/UFMG), coordenadores do grupo de pesquisa ESTOPIM (Núcleo de Estudos Interdisciplinares do Patrimônio Cultural), no âmbito das disciplinas Tipologia de museus (graduação em Museologia) e Artes Visuais no Brasil II (graduação em Conservação/Restauração); tendo ainda a participação da professora Carolina Ruoso, docente recentemente incorporada aos quadros da UFMG, que atua nos cursos de graduação na EBA e na ECI. Além dos alunos das referidas disciplinas, o evento contou com a presença de docentes, estudantes de graduação e pós-graduação de ambas as escolas e profissionais da área.

 

 

Em sua exposição inicial, os docentes ressaltaram a importância dos museus e das exposições para a construção de uma sociedade democrática e plural, o papel da arte para colocar no foro público as questões candentes de uma sociedade e a defesa da liberdade de expressão que se coloca num espaço do debate. Trataram ainda das relações entre Cultura, Estado e Mercado; Teoria Queer; Crítica, opinião e censura; Políticas públicas; Estado laico e Religião na relação com o campo das artes e da museologia. Seguiu-se um debate bastante proveitoso, com grande envolvimento do público nas duas horas de duração do evento.

 

Prof. Luiz Henrique Assis Garcia
ECI/UFMG

This is Schools Diazo Plone Theme